quarta-feira, 30 de junho de 2010


...
Tão 'sem assunto' e, ao mesmo tempo, as palavras ficam dançando, fazendo bagunça, para falar  verdade,em minha cabeça. Há muito o que dizer com tudo o que tenho visto, ouvido etc., mas meu silêncio se faz um muro gigante entre isso tudo e a escrita.
Opiniões.
De repente, elas me parecem vazias. Ou foram em férias para a África do Sul curtir a Copa.
Eu fiquei por aqui, ruminando páginas a serem lidas e revisadas, de livros jurídicos -chatos,óbvios- repletos de citações.Acho até que tenho ruminado muito mais do que isso.
Sinto tanto a falta de meu irmão e de minha mãe que, com frequência, dou com eles pela casa : com o espectro que me restou deles: a lembrança.
Então, ruminar acabou me trazendo uma gripe - não se enganem...o vírus tem mais força sobre os incautos.
Sei lá. Falo bobagens, penso seriedades. Quero me apaixonar de novo, por mim.
*Procuro pela poesia, a página ainda está vazia e a manhã, já chegou ao fim*
...
bobagens, alquimias
...

sou uma página perambulante
...
quieta, cabeça vã!

____________________imagem: quantum illusions

2 comentários:

Paulo Braccini disse...

atchimmmm! rs ... fala do espirro ... kkkk

bjux

;-)

farfalla disse...

suspiro*