quinta-feira, 9 de agosto de 2012

___alma






Ficou 

mergulhada - a alma - pelo tempo necessário

em essência sua, tão própria e difusa

que mal se cabia.

Ficou avisada de danos e de tantas perdas,

mas re*inventou as luzes que escolhera dos

céus que visitara.

Chorou só o pranto cabível - amortecido, quase erótico,

excitado pelo buscar prazeres

e se devolveu amável...aos braços da luz.



A.
_________


[imagem: ret da web e edit.]

Um comentário:

João Esteves disse...

Que hiato mais almado! Necessário.