terça-feira, 27 de janeiro de 2009

________livros lidos: Isabel Allende


Sou leitora assídua de Isabel Allende, na minha opinião uma das maiores escritoras da América Latina. Não costumo perder nem mesmo as adaptações de seus romances para o cinema - o que fazem na maioria das vezes com bastante competência e qualidade [ seria um verdadeiro pecado desperdiçar sua obra com a prodção de maus filmes ].
A Casa dos Espíritos é o primeiro romance de Isabel e eu, antes de ler o livro, assisti ao filme - uma produção inesquecível com atuações mais do que brilhantes de Meryl Streep e Jeremy Iron, sem falar na presença forte de Glen Close, que vivel a irmã de Esteban Trueba e grande amiga de Clara [esposa de Esteban, vivida por Meryl].
Foi por esse filme que me lancei à literatura apaixonante exercitada por Isabel Allende.
A saga da família Trueba fascinou-me e, no livro, ainda mais, dada à complexidade que as muitas páginas nos permitem visitar sempre com a alma presa e viajante, tão belo e forte o tom usado pela escritora em cada linha de sua narrativa. Viaja-se no tempo e no espaço e redescobre-se a América Latina tão rica pelo povo e tão empobrecida por ditadores. A visão sobre a questão latifundiária de nosso continente está ali esparramada de forma real e ao mesmo tempo, colorida pela fantasia viva de sentimentos seculares. Personagens ricos e inesquecíveis, a fuga do tempo essencial e o repensar de um mundo quando a mudança chega, inexorável.
Cinco estrelas? Mais. Talento e envolvimento não se pode mensurar.
São 448 páginas de vívida paixão e, ao mesmo tempo, lucidez histórica e social.
A.
___________________________

Um comentário:

neo-orkuteiro disse...

Bom ter conhecimeo da obra de sua recomendada, claro.