quinta-feira, 2 de julho de 2009

___depois que você se foi

Hoje, pousei meu olhar sobre
uma imensa planície branca.
Foi assim que descobri como estava
me sentindo: sem o abraço
de colinas, montes ou montanhas
que me pudessem indicar
um limitar de sensações
...
E sei que até
passar esta lua,
será assim: sinto falta
do berço que me acolheu menina
e que sei estar
no princípio do esvanecer.
Inevitável esvanecer.
...
A.

Nenhum comentário: