sexta-feira, 29 de janeiro de 2010

____acabei de ler

Um dos programas a que gosto de assistir na GloboNews é, justamente, o 'Espaço Aberto", comandado pelo jornalista Edney Silvestre. É um deleite para quem é uma espécie de 'viciado' na palavra e ama a literatura.Edney deixa os entrevistados tão à vontade que a conversa flui mansa, solta e a gente acaba aprendendo muito.
Mas o livro dele, ' se eu fechar os olhos agora', é tão ou mais delicioso!
Eu me entreguei à leitura dele sem cansar e mergulhei nos anos sessenta [década em que nasci] de forma natural e sentindo uma melancolia forte aqui, como se conhecesse os protagonistas, Eduardo e Paulo.
É um ótimo livro, com toques bem dosados de thriller e escrito da forma como Edney fala: mansamente, envolvendo a gente.
Vale muito a pena ler.
Um trechinho delicioso:
" Tarzan tinha sido meu personagem favorito até então, eu era bom nas brincadeiras com cipó, mas tanto a selva africana do lord Greystoke quanto Oklahoma, onde eu achava que ficava o faroeste de mocinhos e bandidos, começavam a desbotar o encanto, sem que eu soubesse por quê. Eu também gostava da ideia de ser um gênio da ciência e inventar remédios que poderiam curar as piores doenças, talvez uma vacina tão poderosa que acabasse com todas as doenças. Ou era ele quem queria ser cientista. Um de nós achava que poderia se tornar presidente do Brasil e acabar com a seca e a fome no Nordeste. Acho que era ele. Nós dois tínhamos, entre tantas ambições que nos pareciam perfeitamente possíveis, a de um dia viver no Rio de Janeiro. Brasília tinha sido inaugurada havia menos de um ano, mas aquele de nós que se tornasse presidente levaria a capital de volta ao Rio. Nós tínhamos doze anos. Era um outro país, aquele. Era um outro mundo, aquele."
__________________________________________________________________




Um comentário:

Paulo Braccini disse...

bela indicação ... acabei de ler tb e adorei ...

Edney é sedutor em seus escritos ...

bjux

;-)